Quanto custa um Funcionário para Empresa?

entenda os encargos trabalhistas no brasil
Entenda os Encargos Trabalhistas no Brasil
17/10/2019
Carteira de Trabalho digital vai simplificar contratações
21/10/2019
quanto custa um funcionario para empresa
 

Quanto custa um funcionário para empresa?

Mas afinal, quanto custa um funcionário para empresa?

O custo de um colaborador vai muito além do pagamento do salário que ele recebe por mês.

Se você ainda não sabe como fazer algumas contas para identificar todos os impostos cobrados em cima da contratação de um funcionário, nós podemos te ajudar.

Para ficar mais fácil, vamos ensiná-lo contanto a história de uma personagem fictícia, que é auxiliar de serviços gerais e chama Fátima.

Acompanhe a leitura até o final, principalmente se você tem alguma dúvida sobre empresas optantes pelo Simples Nacional.

Até o final do texto vamos deixar tudo mais claro para você, e então vai saber quanto custa um funcionário para empresa.

Além do salário

Quanto custa um funcionário para empresa

É bastante comum achar que o gasto é apenas do valor do salário mensal do funcionário. Porém, não é bem assim.

Se o seu colaborador ganha um salário de R$ 2.000,00, a empresa que contratou o trabalhador terá além de benefícios, uma série de encargos e obrigações que aumentam o gasto com o funcionário em até 183%.

Alguns estudos comprovam que o salário em si corresponde a apenas 32% do custo do empregado para a empresa, o restante é o resultado da quantidade de impostos e atribuições que são aplicadas ao seu funcionário.

Como é feita essa conta?

Para fazer a conta de quanto custa um funcionário para a sua empresa, é preciso considerar os gastos que são pagos diretamente ao contribuidor – salários e benefícios – e os custos indiretos que são pagos para o governo – encargos sociais que são exigidos pela lei.

No entanto, os benefícios variam de acordo com a categoria profissional de cada funcionário.

Vamos usar como exemplo, uma colaboradora que ganha um salário de R$1.000,00 por mês. Vamos chamá-la de Fátima, e ela exerce a função de auxiliar de serviços gerais.

Vale-transporte e auxílio alimentação

Levando em consideração o preço médio das passagens de ônibus no Brasil, vamos fazer este cálculo em cima de R$ 4,50 e imaginar que a Fátima usa dois transportes diferentes para ir até o trabalho e mais dois para voltar, em 22 dias do mês. Então, soma-se ao salário um total de R$ 391,60.

A Fátima arca com 6% da remuneração, ou seja, R$ 60,00 são descontados da folha de pagamento dela. Portanto, os outros R$ 331,60 são pagos pela empresa.

Quanto menor o salário, mais pesado fica o custo com o vale-transporte.

Já o auxílio alimentação, em algumas categorias é determinado pelo próprio sindicato em convenções coletivas. A Fátima recebe um ticket diário no valor de R$ 16,44 em 22 dias, o total é de R$ 361,68. A nossa auxiliar de serviços gerais paga por 20% deste valor, e a empresa R$ 289,34.

Quanto aos encargos sociais

Ao contratar um funcionário a empresa paga 37% do valor do salário líquido com os encargos sociais. Sendo, 29% correspondentes à contribuição ao INSS. A Fátima ganha R$ 1.000,00 e isso significa R$ 290,00. Para o FGTS são destinados 8%, ou seja, R$ 80,00 somados ao rendimento que usamos como base.

As férias e o 13º são gastos periódicos, e não acontecem todos os meses. No entanto, é extremamente necessário pensar também neste tipo de gasto.

De forma mais claro é como se você tivesse que arcar com 8,33 por mês para chegar a 100% no final de 12 meses. O 13º salário acrescenta mais R$ 83,30, já as férias correspondem ao mesmo valor, com o adicional de 1/3, então mais R$ 110,10.

Outros custos

  • Uniformes – supondo que a empresa custeie uniformes, devemos acrescentar mais R$80,00 para cada funcionário.
  • Licença-maternidade ou paternidade, correspondem a 1%.
  • Afastamento por licença médica, mais 1% no custo.

Acrescentar 3,5% de encargos em cima dessas cobranças.

Mas, afinal: qual o custo total da Fátima para a empresa?

Quanto custa um funcionário para empresa

Somando todos os encargos e benefícios, a Fátima nossa auxiliar de serviços gerais, que recebe um salário de R$ 1.000,00, custará para a empresa um total de R$ 2.514,00.

E se a Empresa for optante pelo Simples Nacional?

Para micro e pequenas empresas, o valor final é diferente. Caso a organização seja optante pelo Simples Nacional, ela poderá ser isenta da contribuição ao INSS, e então, neste caso, o custo final da Fátima para a empresa seria de R$ 2.150,00.

Aprendeu quanto custa um funcionário para sua empresa?

Esperamos ter te ajudado, e esclarecido todas as suas dúvidas, porém se ainda precisa de alguma informação, deixe o seu comentário, ou entre em contato com nossa equipe.

Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WhatsApp chat